Cordéis no Pinheirinho dos Palmares

Vídeos (seleção)

Loading...

25 de maio de 2011

Patrono

Definido o patrono da cadeira n.16 da Academia Joseense de Letras: trata-se do paraibano

LEANDRO GOMES DE BARROS

Para saber mais sobre o poeta mais importante da história do cordel brasileiro, nascido em 1865, basta uma pesquisa rápida que pode ser feita na internet ou nas feiras populares e ruas de terra nordestina. Mas gostaria de destacar aqui ao menos duas frases de uma crônica escrita pelo grande Carlos Drummond de Andrade - que não tinha medo de dizer as coisas:
“Em 1913, certamente mal informados, 39 escritores, de um total de 173, elegeram por maioria relativa  Olavo Bilac príncipe dos poetas brasileiros.  Atribuo o resultado a má informação porque o título, a ser concedido, só podia caber a Leandro Gomes de Barros, nome desconhecido no Rio de Janeiro (...) mas vastamente popular no norte do país (...)
(Leandro) não foi príncipe de poetas do asfalto, mas foi, no julgamento do povo, rei da poesia do sertão e do Brasil em estado puro”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário