Lirismo para combater a automatização

Lirismo para combater a automatização
#antimáquina

Vídeos (seleção)

Loading...

30 de dezembro de 2012

Soneto da Ave da Vida

 
          A vida é feita de certos momentos
          que às vezes soam quase desatino:
          redescobertas são novos inventos
          guiados pela sorte ou por destino.
            A vida é força e graça, nau incerta
            que achamos dominar: doce tolice!
            É sol e chuva na janela aberta,
            maduro mergulhar na meninice.
          O que define a refeição servida
          não é a quantidade: é o sabor.
          Não é medida em décadas a vida:
          é feita de momentos, de calor.
                É essa a minha ave preferida:
                ave da vida, ávida de amor.
(P. R. Barja)
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário