Cordéis no Pinheirinho dos Palmares

Vídeos (seleção)

Loading...

1 de agosto de 2013

Breves considerações políticas

anotações efetuadas durante a leitura do livro "Anarquismo, obrigação social e dever de obediência"
(Eduardo Colombo, SP: Editora Imaginário, 2003) 

O PODER DAS PALAVRAS
1) arkhê - "origem, início, o que toma a iniciativa", e também "comando, poder"
2) kratos - designa "predominância no combate", mas também pode ser entendido como "duro, cruel"
Duas leituras possíveis:
1) o sufixo -arquia designaria um "poder natural, justo, inaugural", enquanto o sufixo -cracia seria uma forma pejorativa para falar de um "poder bruto". Nesse sentido, a palavra "democracia" teria sido uma espécie de termo ofensivo, adotado inicialmente pelos inimigos da democracia (esta é uma especulação levantada por E.Colombo) 
2) o sufixo -arquia seria indicativo de uma espécie de "poder inicial, inaugural"... mas -cracia designaria um "poder conquistado como resultado de um embate" (esta é a minha hipótese)

JUSTIÇA
"Incapazes de fortalecer a justiça, os homens justificaram (legalizaram) a força."
(Blaise Pascal)

OS POLÍTICOS
"A sociedade política encontra especificamente capacidade para confiscar em seu favor todos os conteúdos possíveis da ação social. Sua ação comunitária supõe, ao menos normalmente, a pressão destinada a ameaçar e aniquilar a vida e a liberdade de movimento, tanto dos estranhos quanto dos que dela participam"
(Max Weber)

Nenhum comentário:

Postar um comentário