Lirismo para combater a automatização

Lirismo para combater a automatização
#antimáquina

Vídeos (seleção)

Loading...

17 de setembro de 2011

poema que se recusa a dormir

deitado
cabeça acordadaça
(e o corpo se despedaça)

Nenhum comentário:

Postar um comentário