Cordéis no Pinheirinho dos Palmares

Vídeos (seleção)

Loading...

6 de setembro de 2011

A Vida é a Arte do Encontro (Festivale 2011)

  A coisa mais bonita e importante da Vida são esses momentos fantásticos de encontro e compartilhamento: arte, afeto e generosidade, nessa busca pela construção de um mundo melhor. Foi uma grande alegria receber a Cia Buraco d´Oráculo e a peça "Ser Tão Ser" aqui em São José dos Campos. Disse muito pra gente, nós que estamos estudando pra fazer essa ponte entre a Seca da Alma e a Seca do Sertão. E, pra lidar com isso, só mesmo convocando a Palavra e a Música, o Verso e a Voz...

Irmanados: contra a Seca da Alma, ARTE NA RUA!
Na Rodoviária Velha de São José, arando novos Campos para a Arte

  Que BOM poder encontrar, falar poesia e cantar junto com Edmilson Santini, Santos Chagas e o pessoal do Buraco D´Oráculo!

Cantando para celebrar o tempo-espaço público do encontro

  Com direito a cantar "Asa Branca" na Rodoviária Velha, bem em frente ao Banhado - área de proteção ambiental de São José dos Campos para a qual estamos chamando a atenção através da poesia de cordel.

Parceria que flui, natural... Edmilson e Santos Chagas não se viam há "uns 20 anos".
O melhor da Arte é permitir esses (re)encontros. Coisa pra ser celebrada mesmo.

  A Vida é (mesmo) maior do que a arte. E na Vida, como na Arte, acredito no afeto como força revolucionária.


"Eu te asseguro: não chore não, viu?"

   A Vida é (mesmo) a arte do encontro, já dizia o poeta - e isso é verdade.

RJ, SJC e Curitiba: Edmilson Santini, Paulo Barja e Santos Chagas

  Poder receber Edmilson e Santos Chagas - e interagir com esses caras - é uma das maiores alegrias que esta cidade podia ter dado a esse cordelista feliz. 
 

  Depois de tanta vivência energizante, o papo inda foi longe... fazendo bater o sentimento de inauguração de uma parceria múltipla (desejo imenso) dessas que dá sentido ao existir.

"Vida é pra celebrar!"

Nenhum comentário:

Postar um comentário