Cordéis no Pinheirinho dos Palmares

Vídeos (seleção)

Loading...

22 de outubro de 2010

Um pouco de lirismo antigo

No final do séc.XVI, o grande John Dowland compôs o madrigal "Come Again";
400 anos depois, fiz a versão para o português... e esqueci na gaveta até agora.
Aqui vai:
COME  AGAIN - VEM MEU BEM
(original em inglês: John Dowland, 1597;
versão em português: Paulo Barja, 1997)

Vem, meu bem :
O amor nos quer rever .
Esqueça o seu desdém ;
Permita-me o prazer
De ver, ouvir, tocar, beijar, morrer
- Morrer só com você
No mais doce prazer .

Vem, meu bem,
Na cama me acalmar ;
Por ser o seu refém ,
Nem pense em me deixar .
Eu sinto, eu sofro, eu choro, eu morro assim :
Você longe de mim
É dor que não tem fim

Nenhum comentário:

Postar um comentário